busca por voz

Pesquisa por voz tem sido cada vez mais comum: aplique agora essas estratégias SEO e coloque seu site no topo do Google

626 245 Sandra Turchi

Em um contexto de pesquisa na internet, ao ler as frases abaixo, qual delas você acredita que foi falada por um ser humano?

“O que é voice search?”
“Voice search”

Naturalmente, você respondeu que a primeira frase porque é assim que você falaria caso estivesse em busca de alguma informação na internet. Perceba que trazemos aqui o verbo falar como o ponto central da pergunta. E por que enfatizamos esse verbo
no contexto de busca na internet? Porque estamos diante de uma forte tendência no mundo digital, que impacta diretamente nas estratégias SEO. Estamos falando da pesquisa por voz, ou voice search, como é conhecido internacionalmente.

O que é voice search?

Voice search é uma tecnologia que permite ao usuário fazer uma pesquisa por voz ao invés de digitar as palavras-chave nos buscadores. A mais conhecida e usada tecnologia de busca por voz é o Google Voice Search, que utiliza os princípios do
Processamento de Linguagem Natural (PNL) para simular a audição e o raciocínio humano. Ou seja, você fala o que deseja buscar e o Google te dá uma resposta em forma de resultado. Também presente nos assistentes artificiais inteligentes, como Siri
(Apple) e Cortana (Microsoft), a tecnologia de áudio usa o reconhecimento do discurso humano para entender com extrema precisão o que você está dizendo. Bacana, não é mesmo?

O voice search é mais uma prova de que a experiência do usuário (UX) deve ser valorizada, pois quanto mais os clientes usam essa tecnologia, mais adaptações você deve fazer nas estratégias de marketing digital para atender às suas demandas. Antes
de entendermos de que forma o voice search impacta em sua comunicação com o usuário e, naturalmente, nos resultados do seu negócio, vamos saber porque as pessoas preferem fazer pesquisa por voz.

Por que as pessoas preferem fazer pesquisa por voz?

Primeiro, porque a busca por voz é 3,7 vezes mais rápida do que a busca por digitação. Para você ter uma ideia, em uma voice search são encontradas de 110 a 150 palavras por minuto enquanto a digitação alcança o resultado de 38 a 40 palavras por minuto.
Se temos buscas mais rápidas, consequentemente teremos respostas mais rápidas.

Segundo, porque é mais conveniente para o usuário. A busca por voz otimiza o tempo, é precisa e customizada para preferências pessoais. É muito mais interessante encontrar a informação que você quer em menos tempo. Se você fizer agora uma pesquisa por voz falando a frase “quais as tendências de 2019 para o marketing digital?”, a experiência será muito mais natural e humanizada, e o resultado muito mais eficiente. Tente e você saberá do que estou falando.

Agora vamos direto ao ponto que te interessa e saber exatamente quais os impactos da voice search nas estratégias SEO e no ranqueamento do Google:

Quais os impactos da voice search nas estratégias SEO?

Ao pensar em voice search, temos que ter em mente que essa tecnologia muda três principais fatores no comportamento dos usuários: como eles pesquisam, onde eles pesquisam e o que eles pesquisam. Em comparação com a busca por digitação, as palavras-chave usadas na pesquisa por voz têm sido muito mais longas. Isso porque elas trazem um tom mais similar a uma conversa real. Em outras palavras, é uma linguagem mais humana e menos uma linguagem de computador.

Em um contexto de pesquisa na internet, ao ler as frases abaixo, qual delas você acredita que foi falada por um ser humano?

“O que é marketing digital?”
“marketing digital”

Naturalmente, você respondeu que a primeira frase porque é assim que você falaria caso estivesse em busca de alguma informação na internet. Perceba que trazemos aqui o verbo falar como o ponto central da pergunta. E por que enfatizamos esse verbo no contexto de busca na internet? Porque estamos diante de uma forte tendência no mundo digital, que impacta diretamente nas estratégias SEO. Estamos falando da pesquisa por voz, ou voice search, como é conhecido internacionalmente.

Voltemos ao exemplo que trouxemos mais acima. É muito mais provável que uma pessoa fale “quais as tendências de 2019 para o marketing digital?” do que “tendências 2019 marketing digital”. Isso mostra que o usuário está cada vez mais em busca de
humanização na sua relação com a tecnologia (a propósito, humanização de conteúdo é também uma das tendências de 2019 para o marketing digital, que é pensar mais nas pessoas do que nos algoritmos).

Dessa maneira, as pesquisas se tornam bem mais completas e não se limitam às head ou short tails. Quanto mais você explorar o campo semântico na redação do conteúdo, mais valorizados serão seus conteúdos. Isso inclui usar palavras da mesma família ou grupo de interesse e, claro, responder perguntas, utilizando as long tails. Ao fazer isso, uma única página pode ser ranqueada para as mais diferentes buscas por voz. De acordo com relatório do Google, as pessoas geralmente buscam por informações e estabelecimentos que estejam próximos delas. Em um contexto mundial, as buscas com a expressão “near me now” cresceram por volta de 150%. Pense que, se uma pessoa está na rua e quer comer, ao utilizar a pesquisa por voz, ela com certeza vai falar “qual o restaurante mais próximo de mim?” e vai clicar nos primeiros resultados que aparecerem. Ou se um cliente busca por “onde fica a loja de móveis mais próximo a mim?”, vai encontrar resultados que respondam a sua pergunta. Sendo assim, se você possui um estabelecimento comercial, é muito mais eficiente ser ranqueado pelo Google ao trabalhar as palavras-chave “próximo de mim” e “próximo a mim” em seus conteúdos.

A pesquisa por voz muda a forma como as pessoas encontram os resultados.

O Google tem alterado seus algoritmos para buscas vinculadas a respostas. Ou seja, hoje tem sido muito menos necessário clicar nos links e acessar sites para encontrá-las. As respostas aparecem logo ali, no topo da busca, em um local conhecido como feature
snippet.

Os features snippets são os conteúdos que aparecem na “posição zero”, ou seja, na parte que fica em destaque no topo dos resultados, antes mesmo que a primeira posição. E nem sempre o snippet corresponde ao link que aparece em primeiro lugar.
Como fazer para aparecer em destaque nos resultados de pesquisa por voz? É preciso otimizar o conteúdo das features snippets com respostas diretas às perguntas das pessoas.

Como melhorar o uso de palavras-chave a partir da pesquisa por voz?

1. Desenvolva palavras-chave com linguagem mais natural, da mesma maneira que uma pessoa falaria. Lembre-se que quem faz as buscas são seres humanos e não robôs.

2. Como a ideia é simular uma conversa, desenvolva palavras-chave mais longas, em formato de frases faladas, com cerca de 5 palavras ou mais.

3. Invista em palavras-chave em forma de perguntas. Se uma pessoa tem dúvida sobre algo, é mais comum que ela faça uma voice search com perguntas do que afirmando algo. Nesse ponto, tenha em mente que as palavras “quem”, “onde”, “o que”, “quando” e “como” são muito usadas. Então, insira essas palavras na redação do seu conteúdo.

Quais as estratégias SEO para otimizar o conteúdo para a busca por voz?
Produza conteúdo com uma voz mais humana e natural, e com linguagem sempre clara. Caso seu conteúdo seja muito rebuscado ou técnico, divida-o em menores partes para que seja facilmente compreendido por qualquer pessoa. Para seu site aparecer no topo da página do Google, ou seja, na feature snippet, produza um parágrafo conciso, com até 29 palavras, com informações do seu principal conteúdo. Seções do site que contenham hashtags, listas e tópicos são facilmente lidas pelo Google. Além disso, se certifique de incluir palavras-chave de long-tail na feature snippet.

  • Páginas de perguntas frequentes (FAQ) são perfeitas para as pesquisas por voz.
    Naturalmente essa página traz as perguntas mais buscadas pelos usuários e as respostas devem ser concisas, de entendimento claro e rápido. Estudos mostram que é 1,7 vezes mais provável dos resultados serem vinculados à páginas de FAQ em comparação com os resultados desktop.
  • Aumente a velocidade de carregamento das páginas de seu site. A busca por voz é 3,8 vezes mais rápida do que o carregamento de uma única página.
  • Invista em um site responsivo e que funcione muito bem em dispositivos mobile, principalmente em telas de smartphones. Sendo o smartphone sinônimo de facilidade e rapidez, e com a funcionalidade do comando de voz, nada mais justo e natural do que as pesquisas passarem a ser feitas muito mais por áudio.
  • Para buscas por voz, autoridade de domínio é mais importante do que autoridade de página. Quando o Google lê os resultados da pesquisa por voz, ele exibe os sites por meio de um simples "De acordo com ___". Isso, obviamente, aumenta o conhecimento da marca. Isso permite que os usuários naveguem pelo seu site e aumentem o tráfego orgânico.
  • A busca por voz demanda que os vídeos sejam melhor ranqueados. Ou seja, os títulos devem ser otimizados para aparecerem no início da página, na forma de um feature snippet.

Como tem se desenvolvido a pesquisa por voz no Brasil?
No Brasil, a pesquisa por voz representa de 5% a 10% do total das buscas, como declarado pela equipe do Google em evento realizado em São Paulo no ano passado. Mesmo que o uso da voice search por brasileiros ainda esteja engatinhando, vale ressaltar que o uso do smartphone no país tem crescido exponencialmente. De acordo com o último levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE), 138 milhões de brasileiros possuem, pelo menos, um smartphone enquanto 116 milhões estiveram conectados à internet somente em 2016. Esse são números expressivos, já que o Brasil aparece em 5ª posição no ranking de países com maior
número de usuários com smartphones, atrás de Índia, China, Estados Unidos e Rússia.

O que podemos concluir sobre a voice search?

Até o momento podemos concluir que investir na otimização do conteúdo para voice search tem contribuído de forma significativa para o fortalecimento das marcas na web, para a concretização de vendas e crescimento de receita. Apesar do destaque da pesquisa por voz, sua popularidade e uso profissional ainda estão em processo de ascensão. Porém, se você otimizar agora seu site para a pesquisa por voz,
provavelmente estará à frente da concorrência, alcançando de forma eficiente os resultados do seu negócio a médio e longo prazo.