A Sazonalidade do Consumo | Blog da Sandra Turchi | Comunicação e Marketing Digital

A Sazonalidade do Consumo

A Sazonalidade do Consumo

150 150 Sandra Turchi

Sempre que se encerra uma determinada data comemorativa para o varejo estudos e levantamentos são publicados para elucidar como se comportou o consumo no período.

Recentemente, com a passagem do Dia dos Pais, que é a quinta data mais importante para o comércio, depois do Natal, Dia da Mães, dos Namorados e Dia das Crianças, observamos que os produtos mais procurados foram roupas e calçados e que a média de valor gasto em presentes foi de R$ 23,00, segundo pesquisa da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) realizada pela Ipsos Public Affairs.

Nessas datas é típico observar um aumento na quantidade de campanhas publicitárias não apenas do varejo, mas também dos Shoppings Centers, das marcas da indústria bem como de serviços atrelados ao consumo, como financiamentos por exemplo.

Não é incomum verificarmos também anúncios de produtos com valores agregados mais altos, como móveis e automóveis, pois algumas pessoas aguardam essas datas para presentear com esse tipo de item, ou mesmo, para uma auto-indulgência.

No Dia dos pais, além dos produtos citados acima, também foi verificado aumento no consumo de itens como celulares, perfumes, ferramentas, relógios, GPS e notebooks, o que era esperado, pela sinergia desses artigos com o universo masculino. Embora, tudo dependa obviamente do "bolso" de cada um!

No período entre abril e maio verificou-se, também em estudo da Ipsos, um aumento na renda disponível, nos gastos essenciais e não-essenciais, detectando que os gastos com supermercados também cresceram, e foi verificado que os consumidores pouparam mais e se endividaram mais. Em itens da linha branca, houve destaque para aquisições de fogões e máquinas de lavar e, na linha marrom, o destaque foi para o celular, nesse caso, pode-se inferir que se deveu à proximidade do Dia das mães.

As áreas de marketing das empresas devem estar sempre atentas a esses períodos de alta sazonalidade, para não perderem a oportunidade de obter um bom acréscimo em suas vendas. No caso do varejo, por exemplo, devem procurar adequar seus preços ao mercado, ajustar seus estoques para que não ocorra falta de produtos, o que gera grande frustração nos consumidores, bem como divulgar suas ofertas e promoções de maneira adequada ao seu público-alvo e também de acordo com o seu orçamento.

No caso dos fabricantes, seu trabalho na construção de marcas é sempre muito importante e complementa o esforço feito pelo varejo nesses momentos, pois facilita o processo de escolha pelo consumidor até mesmo antes de ele chegar ao ponto de venda.

No caso das empresas que dão suporte ao consumo, como as financeiras e aquelas de serviços de apoio ao crédito, por exemplo, o ajuste nesses períodos deve ser focado nas equipes de atendimento, para acelerar o processo de obtenção de crédito, que é o grande impulsionador do consumo nos dias atuais nesse país.

(artigo publicado no site Mundo Marketing - agosto / 08)

6 comments
  • Ola sandra sou do Paraná…
    achei seu conteudo muito interesante…
    estou terminando o curso de Administração, minha monografia vai ser sobre a sazonalidade, mais estou com muita dificuldade para encontra material sobre esse asunto…vc poderia me indicar alguns livros aonde possa tar encontrando esse asunto?
    obrigado pela atenção.
    lucas fortini .

    • oi Lucas, obrigada pelo seu contato.
      Vc pode procurar os livros editados pela Gouvea de Souza, pelo Provar da USP.
      Quem tem conteudos interessantes também é a Beth Furtado.

      abs
      Sandra

  • Obrigado pelo post Sandra.

    Muito interessante

  • Sandra, olá! Já trocamos tweets algumas vezes, mas só agora encontrei esse artigo! Muito bom mesmo!
    Diga uma coisa, na sua opinião, o mercado de e-commerce para móveis entra nessa questão da sazonalidade? Como vender mais móveis no Dia das Mães, compreende minha dúvida?

    • Olá, Renata!

      Sobre o mercado de e-commerce para móveis, não acredito em uma sazonalidade específica. Há épocas em que pode haver picos, como o Dia das Mães ou o Natal, por exemplo, mas é possível observar esse aumento, pois todo o mercado está aquecido e voltado ao comércio.
      Espero ter respondido sua dúvida!

      Grande abraço, Sandra.

Deixe um comentário